Tempestade leva caos à Europa

A tempestade Friederike atingiu a Europa nesta quinta-feira (18/01), com ventos de até 200 quilômetros por hora e nevascas, levando à morte de pelo menos quatro pessoas. Os três países mais afetados são Bélgica, Alemanha e Holanda, que enfrentam caos no transporte.

A queda de árvores matou duas pessoas na Holanda, uma Bélgica e uma na Alemanha. Galhos de árvores também deixaram uma série de feridos.

De acordo com o Serviço Meteorológico Alemão (DWD), os ventos na Alemanha alcançaram o pico de 203 km/h no Brocken, montanha situada no estado da Saxônia-Anhalt, no centro-leste do país.

Em alguns estados alemães, as escolas ficaram fechadas. Vários aeroportos cancelaram voos por motivos de segurança, entre eles o de Düsseldorf e o de Colônia, que chegou a interromper as atividades por cerca de uma hora e meia.

Na Holanda, o transporte aéreo também foi afetado, e o aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, cancelou temporariamente todos os voos.

A tempestade Friedrike avançou nesta quinta-feira sobre partes dos estados da Renânia do Norte-Vestfália, Baixa Saxônia, Hessen, Turíngia e Saxônia-Anhalt. Ela ainda teve atingir a Saxônia e Brandembrugo.

Nos estados da Renânia do Norte-Vestfália e da Baixa Saxônia, o transporte ferroviário foi completamente interrompido, tendo efeito sobre os transportes em outras partes do país.

Também houve problemas na linha entre Hamburgo e Berlim. A Deutsche Bahn, empresa que opera o transporte ferroviário no país, recomendou que os passageiros se informem na internet sobre o estado atual dos trens.

Na Renânia do Norte Vestfália, devido a caminhões que capotaram por causa dos ventos, uma série de pontes e estradas foram bloqueadas. Somente em Colônia, os bombeiros disseram ter atendido a cerca de 300 chamados.

Ao estado de Baden-Württemberg, no sul do país, a tempestade Friedrike trouxe não apenas ventos fortes, como também neve e gelo. Também no norte caiu neve. Durante a noite, houve uma série de acidentes devido ao gelo.

Após a passagem da tempestade, as temperaturas devem cair em todo o país. Em regiões ameaçadas por fortes ventos, alertando para a queda de árvores e telhas.

Fonte: Deutsche Welle

Esta entrada foi escrita emClipping e tags ,