Ministério do Meio Ambiente toma medidas na tentativa de evitar que formigas-de-fogo se estabeleçam no Japão

TÓQUIO – O Ministério do Meio Ambiente começou a tomar contramedidas contra formigas-de-fogo vermelhas (formiga-lava-pé), em 68 portos em todo o país, após a primeira descoberta das formigas no Japão em maio de 2017.

O Ministério do Meio Ambiente acredita que agora é um momento crucial para evitar que formigas de fogo se estabeleçam no Japão e reproduzam depois que elas apareceram no ano passado.

O ministério investigará a disseminação das formigas antes do verão quente e úmido, um ambiente ideal para as formigas. Oficiais do ministério também deram palestras para os governos locais em uma tentativa de ajudá-los a evitar uma invasão das formigas.

Acredita-se que mais da metade das formigas encontradas no Japão no ano passado tenham entrado no país em containers importados do sul da China. O Ministério do Meio Ambiente pediu às autoridades chinesas que instalassem armadilhas de formigas venenosas dentro dos contêineres antes que os navios deixassem seus portos. No entanto, as autoridades chinesas aparentemente não responderam.

Um funcionário do Ministério do Meio Ambiente comentou: “Continuaremos a monitorar as formigas-de-fogo em cooperação com organizações japonesas”.

As formigas invasoras foram encontradas pela primeira vez dentro de um container entregue no porto de Nansha, na China, para Amagasaki, em maio de 2017. Após a descoberta, uma sonda confirmou mais de 6.500 formigas em 12 províncias, incluindo formigas nas instalações de containers. Autoridades locais consequentemente exterminaram as formigas.

De acordo com o ministério, as formigas aparentemente não se instalaram no Japão, embora tenham sido encontradas colônias de formigas parcialmente formadas.

Formigas-de-fogo vermelhas são uma espécie exótica e podem causar reações alérgicas severas.

O professor da Universidade de Tóquio, Mamoru Terayama, disse que houve um caso bem-sucedido de erradicação de formigas na Nova Zelândia nos anos 2000, nos estágios iniciais após a invasão. Por outro lado, os Estados Unidos, que não conseguiram erradicar as formigas, sofreram perdas financeiras anuais entre cerca de 600 e 700 bilhões de ienes devido ao extermínio e despesas médicas.

Fonte: ICP Digital

Esta entrada foi escrita emClipping e tags , ,